Sobre Ricardo Sander

Violinista e Professor de Violino, você pode conferir o trabalho do Prof. Ricardo Sander através do Canal no YouTube – Centro Suzuki Indaiatuba – (clique aqui), onde você pode assistir apresentações de vários alunos, recitais, orquestras etc.

  • Popó da Percussão

    Muito bom! Concordo com tudo e assino embaixo. PARABÉNS…

    • Muito obrigado prolongue comentário Popó… Tem bastante artigo interessante. Fique a vontade para comentar. Abraço.

  • Keyla Ariane

    Creio que a falta de incentivo é porque a música não algo presente na cultura no Brasil. Então os pais preferem que a criança vá fazer um esporte, do que ter aulas de instrumento. Mas o esporte faz bem pro físico, e a música faz bem pra mente e pra alma. Com a música você se redescobre.

    Tenho uma prima com algumas limitações por conta de um atraso mental. Ela não conseguia ler, escrever ou até mesmo decorar nome de cores. Por amor de uma profissional, ela está aprendendo piano (claro que, dentro de suas limitações) e essa mesma professora está ajudando a alfabetiza-la. A música traz muitos benefícios.

    Sou muito feliz por fazer parte do mundo da música, mesmo que como aluna ainda.

  • Geraldo Amâncio dos Santos

    Sou arte educador e brincante, e a minha meta é musicalizar e ensinar violão para crianças,juntamente com seus pais.

  • Olmiro Gautto

    Ainda continuo na esperança que a música volte ao ensino de nossas crianças desde os primeiros anos escolares com certeza teríamos menos jovens sem direção ou perdidos pelo mundo das drogas, música é amor é a luz que está faltando a eles e a todos de um modo geral…Santa Cecilia ( santa dos músicos ) protegei-nos!

  • marcia aparecida cardoso visocnti

    Concordo em parte. Em primeiro lugar prefiro que a criança seja musicalizada primeiro para depois ir “estudar” um instrumento. Como os instrumentos são conhecidos pelas crianças por intermédio de alguém que geralmente toca bem a criança pensa que vai logo tocar igual… Desiste. Sem ser musicalizada é como se dessem um livro para elas lerem e não conhecessem os códigos!!! O estudo de um instrumento é muito árido, logo: criança não gosta. Despertar o interesse de maneira lúdica, musicalizar sem a intenção de tocar um instrumento e sim ele ser consequência de um interesse, até a criança entender a necessidade da prática acho o caminho mais adequado. O que falta??? Educação Musical nas Escolas, mas eu digo Educação Musical e não, Enganação Musical!!!! Sinto muito. Admiro o Senhor Suzuki porque não entendo sua lógica!!!!

    • admin

      Obrigado por expressar sua opinião Márcia …!!!

      • Eliana Mangano

        Marcia, a logica do Suzuky è mesmo esta … ensinar sem que a criança saiba ler, como se aprendesse uma lingua mae. Eu acho que depende muito do Professor a maneira como o metodo vai ser aplicado. O metodo em si nao è nada se nao for para jeito no qual for aplicado. Eu acho o metodo “musicalizante”, as crianças aprendem antes o “estrelinha …. ” , por exemplo, cantando e batendo no corpo com base na altura das notas … è divertido!