Dicas para estudar com seu filho em casa

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Escrevo este post como professor de Violino, e também como pai do Guilherme, hoje com 6 anos, estudante de violino desde os 3 anos.

Então vou citar algumas coisas que faço e uso para conseguir manter uma criança motivada e interessada em estudar em casa.

Primeiro passo, se esta criança tem menos de 12 anos, entenda de uma vez por todas que ela NUNCA, isso mesmo NUNCA vai, ou deve, estudar sozinha, ela nunca vai la pegar o seu instrumento e começar a estudar cada ponto que foi pedido na aula pelo seu professor. Meu filho por exemplo, passa o dia inteiro tocando, e você precisa entender que TOCAR não é ESTUDAR. As crianças necessitam de direção, regras, rotina, para que quando elas venham se tornar adultos, possam tomar decisões sozinhas.

Então o primeiro passo é, crie uma rotina, pai ou mãe, quem acompanha o filho na aula, estabeleça na sua agenda um horário de cada dia de segunda a segunda, em que seu filho terá que estudar, leve em conta todos seus compromissos, e também se a criança nesse horário, daquele dia, estará disposta, por exemplo, não escolha para ela estudar assim que ela acorda, se você já sabe que seu filho não vai se dar bem com isso. Uma dica muito boa, e que fazemos em casa, é estabelecer um horário em que a criança sozinha vai saber sempre que é hora de estudar e pronto. Por exemplo, depois de tomar cafe da manhã, ou depois de tal desenho que a criança assiste na televisão, pois eles seguem sempre os mesmos horários, esse tipo de rotina, facilita demais o estudo, pode ser difícil no primeiro e segundo dia, mas depois ela se acostuma.

Criança Violino Piano

Se for necessário para o pai ou mãe, crie um compromisso em sua agenda no telefone, com um lembrete ou alerta. E pode dizer a ele que a hora que tocar o despertador, então é a hora de estudar e você não quer reclamações, pois caso não estude terá consequências.

Depois que já escolheu um horário especifico de estudo, deve estar bem definido junto ao professor, o que aquela criança tem que estudar e praticar em casa. Nunca, mais de um ou dois pontos para serem corrigidos, o pai/mãe deve sair da aula esclarecido em relação a isso, para que tenha franqueza na hora de exigir da criança, pois eles são MUITO espertos, e se perceber que você não tem certeza, ele vai se apoiar nisso, usando da autoridade do professor para dizer que você não sabe o que é para fazer. Caso seja necessário, peça ao professor que explique que em casa quem é o professor é o pai/mãe, e por isso que estão acompanhando as aulas.

Quando os primeiros dois passos estão bem definidos, você deve se sentar com a criança, para uma conversa, e explicar brevemente, como vai acontecer a partir daquela data os estudos dela. Dizendo que todos os dias, ela vai ter um horário específico para o estudo do instrumento, e que esse tempo seja de acordo com a orientação do professor, dependendo da idade isso varia entre 3 minutos e 15 minutos as vezes, então veja se esse tempo de estudo não pode estar causando o desinteresse da criança, prefiro sempre estabelecer metas que podemos atingir facilmente, assim podemos atingir varias vezes, acho fundamental conseguir atingir as metas sempre para ter motivação.

Nesta explicação para a criança da rotina de estudos, deixe bem claro que estudar o instrumento é um dever dela, que ela tem o dever e o lazer,  e tem uma hora certa para cada uma dessas coisas, caso seja necessário, explique o que é lazer e o que é dever, com alguns exemplos do dia a dia da criança, e mostre que o dever é menos do que lazer nesta idade, então pode ser feito facilmente.

Escreva tudo em um papel, o que ela tem que estudar, como ela tem que estudar, o que vai tocar naquela semana, e deixe pendurado no quarto dela, ou em algum lugar que ela sempre olhe e se lembre do estudo.

Leve a sério essa rotina, e não deixe os seus afazeres domésticos atrapalhar isto, se você não seguir o combinado, ou trocar no meio da semana algo que já foi combinado, ela também vai achar que pode fazer isso. Salvo em casos de consultas médicas, ou algo parecido, que mude aquela rotina, e então deve se explicar que naquele dia então ela não vai estudar no horário combinado, porque vai ter tal compromisso, mas que o estudo então vai acontecer em tal horário.

MUITO IMPORTANTE, estude todos os dias, mesmo nos fins de semana, criança necessita de rotina, se você quebra, é como ter que começar do zero depois, ela não sabe direito ainda o que é um final de semana.

Deixe bem claro que esse é um dever dela, e para que ela possa ter lazer, ela tem que fazer o dever primeiro, e seja firme, se você uma vez que seja quebrar o combinado, ou esquecer, e deixar ela ter o lazer antes do dever, ou fora do combinado, ela vai achar que pode ser assim outra vez. Por exemplo, tive um caso de uma mãe no meu estúdio, que orientei ela dessa maneira que estou escrevendo aqui. E no primeiro dia ela me contou que o filho de 6 anos, não levou a sério, porque era o que ela costumava fazer, falar que não ia assistir TV, mas depois cedia e deixava ele assistir, ou esquecia. Mas dessa vez não, no primeiro dia de estudos ele não quis estudar naquele horário combinado, e então ela disse que ele ia ficar sem TV, e que só ia assistir no outro dia, pois o horário de estudar era aquele. E assim ela fez…

Foi só esta vez, no outro dia, ele foi quem chamou ela para estudar no horário combinado, que no caso era logo após o almoço.

Para que você consiga estudar todos os dias, e seja um estudo produtivo, estabeleça um tempo que todo mundo vai conseguir fazer, tanto o pai/mãe, como o aluno, pergunte ao professor quanto tempo deve ser o estudo em casa para aquela criança, e siga a risca, não ache que seja muito, ou pouco.

Tente implantar este passo a passo, na rotina de estudos do seu filho, e nos escreva nos comentários os resultados, ou dúvidas que você possa ter.

Não faça troca, ou chantagem do tipo, se você estudar todo dia você ganha isso, se não a criança estabelece uma relação de que ela estuda o instrumento para ganhar presentes, mas nada impede de que as vezes, vocês lancem metas a eles, do tipo, se você conseguir desta vez estudar 30 dias, sem furar nenhum, você ganha isso, de prêmio, mas não deixe isso ocorrer frequentemente, e nunca presentes caros, sempre prêmios simples, baratos.

Espero de verdade que lendo isto você consiga ter sucesso com seu filho, ou você professor lendo isso, consiga orientar os pais de seus alunos, e também ter ótimos resultados.

Não esqueça deixe seu comentário aqui em baixo, ou dúvida, e vamos conversando ok.

Se você é professor, não deixe de visitar nossa página aqui no blog, sobre dicas de técnicas e estratégias de como dar aula muito bem, e ter sucesso com seus alunos.

Curta nossa pagina no Facebook e fique por dentro de todo nosso conteúdo.

 

Escrito por Ricardo Sander

1024

Formado em Licenciatura em Música, estudou violino no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos Campos”, de Tatuí, sob orientação do prof. Milton Pires da Silva Júnior e posteriormente Pedro Dellarolle.

Participou de diversos master class e festivais de música, e foi aluno de violinistas renomados como: Elisa Fukuda, Davi Graton (OSESP), Daniel Guedes, Luís Amato (UNESP), Paulo Bosísio (UNIRIO), Alexandre Kanji (Holanda), entre outros.

É professor de violino, desde 2006, credenciado pela SAA (Associação Suzuki das Américas), Método e Filosofia Suzuki, e como Professor de violino desde 2011, quando iniciou sua especialização no ensino para crianças pequenas.

Em 2015 criou o primeiro curso para professores de violino/viola do Brasil. Um treinamento 100% on-line, onde já atende mais de 35 professores de diferentes estados do Brasil, e também no exterior. Criando uma plataforma inédita, onde ensina técnicas e uma metodologia de como ensinar violino para crianças, jovens e adultos.

Atualmente é 1º violino na Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, professor e diretor do Centro Suzuki Indaiatuba.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube

Sobre Ricardo Sander

Violinista e Professor de Violino, você pode conferir o trabalho do Prof. Ricardo Sander através do Canal no YouTube – Centro Suzuki Indaiatuba – (clique aqui), onde você pode assistir apresentações de vários alunos, recitais, orquestras etc.

  • João César

    Muito bom as orientações. Sempre cobrei do meu filho para os estudos da música, mas a falta de rotina fazia até mesmo eu não ter ou saber o que cobrar dele.
    Vou implantar estas regrinhas a partir de agora. Abraços

    • admin

      Obrigado João … desejo boa sorte .. aplique de verdade e tenho certeza que vai ter resultado .. depois volta aqui contar para gente qual o resultado .. ok . ? Abraço e sucesso ..!!

  • Anderson

    Muito bom.
    Estas regras funciona mesmo,
    Meus parabéns e obrigado, tem me ajudado muito com meu filho de 7 anos que estuda violino.

    • admin

      Ola Anderson .. conte-nos aqui como tem ajudado .. o que mudou ..? no que te ajudou ..?> como foi ..?> conte-nos sua experiência .. para os pais verem que vale a pena se esforçar … abraço ..!!

  • Ladyana Brito

    Olá! Tenho uma filha de onze anos que estuda violino. Já faz mais de três anos. Mas não treina em casa, a não ser que eu fique junto e a obrigue com um cinturão. Já tentei tirar as coisas de que gosta, mas não adianta e ela só diz: “tá bom “. O que me mata! Gostaria de uma orientação. Por favor! !!

    • admin

      Ela está te testando e está ganhando … Seja firme… não volte atras de nada … explique a importância de ela estudar um instrumento… explique que ela não vai parar … pois isso é necessário para a formação dela ..

      Com 11 anos ou com 8 quando ela começou, não deve estudar sozinha .. muito nova… faça uma rotina de estudos .. algo leve .. e explique que ela precisa fazer isso .. estipule ela estudar todo dia 15 minutos… e durante esse tempo você vai estar junto com ela … orientando ..

      Quando você diz a ela que isso é um dever dela .. e se ela não fizer, não vai ter smartphone, não vai acessar facebook, não vai acessar internet, não vai acessar netflix, não vai sair com as amigas em tal data… explique isso quando você sentar com ela e dizer que agora vai ser assim … e que você não vai insistir .. vai falar uma vez .. e na primeira vez vai tirar tal coisa dela .. e REALMENTE faça … seja firme .. Eu sento comeu filho e falo .. se eu precisar achar ruim com você de estudar eu não vou falar nada … vou levantar e terminar o nosso tempo de estudo hoje… e você vai ficar sem videogame no fim de semana … que é só quando ele pode jogar .. fiz isso uma vez só .. e depois só tenho que lembrar ele .. pois ele sabe com foi duro aquilo .. e que eu levei até o fim .. Não precisa ameaçar com cinturão (heheheh)… coloque regras e seja a primeira a cumprir …